OVACE EM ADULTOS

ovace-adultos-capa

OVACE em adultos

O OVACE em adultos ou engasgo, geralmente é mais comum em crianças e lactentes, porém pode sim acontecer com adultos. A ocorrência de OVACE em adultos ocorre geralmente quando ele estão fazendo algum tipo de refeição. Claro que não é apenas em refeições, também pode acontecer balas, chicletes, fragmentos do dente, piercings e etc.

O socorrista deve sempre estar alerta, uma pessoa engasgada pode acabar tendo uma parada respiratória, causada pela falta de oxigênio e a partir daí evoluir para uma parada cardiopulmonar.

O que pode causar o engasgamento no adulto?

O paciente pode engasgar por 2 meios, liquido e sólido.

Obstrução Líquida

O paciente pode aspirar o próprio liquido, sendo o próprio vomito, ou a bebida que está tomando.

Obstrução Sólido

Pode ser algum tipo de carne ou alguma alimentação que essa vitima está consumindo. Ou até mesmo algum paciente que foi ejetada por conta de algum acidente, e acabou caindo em algum tipo de lama ou água da chuva que esteja no chão, e sem querer bronco aspirar essa lama ou água de onde ele tiver caído.

Engasgamento total e parcial

Quando se fala de engasgamento em adultos, temos que saber, que existem 2 tipos. Engasgamento parcial e engasgamento total.

Pacientes com obstrução parcial e total.

Obstrução parcial

A AHA recomenda em primeiro lugar, que não se dê mais tapa nas costas do paciente, pois a tendência de se dar tapas nas costas e a pessoa ter uma obstrução total é muito maior, e acaba dificultando o processo.

O melhor a ser feito, é você se posicionar ao lado da pessoa que está em OVACE, e estimular a tosse do paciente, até para que seja evitado de que por reflexo, você acabe dando tapinhas nas costas do mesmo.

Obstrução total

Caso o paciente não tenha mais forças para tossir, ou ele chegue a ter uma obstrução total, nós deveremos realizar a manobra de Heimlich, também conhecida como abraço da vida.

A manobra de Heimlich geralmente é aplicada após o paciente demonstrar o sinal mundial da asfixia, lembrando que nem sempre o paciente vai ter o OVACE parcial primeiro e depois o total. Pode ser que ele entre direto na obstrução total e você já tenha que iniciar a manobra de Heimlich.

Como reconhecer os sinais de um OVACE de uma pessoa consciente?

A obstrução total das vias aéreas é reconhecida quando a vítima está se alimentando ou acabou de comer e, repentinamente, fica incapaz de falar ou tossir.

Os sinais mais conhecidos são:

  • Asfixia.
  • Colocando a mão no pescoço de maneira desesperada.
  • A cor do rosto começa a ficar cianótico.
  • A respiração muito rápida e exagerada.

O movimento de ar pode estar ausente ou não ser detectável.
A pronta ação é urgente, preferencialmente enquanto a vítima ainda está consciente.

 

O que é a manobra de Heimlich?

 

A manobra de Heimlich é uma técnica de emergência/primeiros socorros para asfixia que consiste na realização de uma série de compressões a nível superior do abdômen, mais precisamente abaixo do esterno e deve ser realizada quando a vítima estiver engasgada com OVACE total, a fim de retirar um pedaço de alimento ou qualquer outro objeto da traqueia, facilitando a passagem de ar para os pulmões e evitando o sufocamento.

Quando é usada?

Esta manobra é usada em caso de bloqueio total das vias aéreas, provocada por um pedaço de comida ou um corpo estranho nas vias respiratórias, impedindo a vítima de respirar.

Em que situação devo utiliza-la?

Vamos imaginar que um casal foi almoçar em um restaurante e do nada um deles se engasga. A pessoa tenta tossir, a fim de expelir o que está causando o engasgo, mas não consegue. Levanta e começa a ficar muito agitado, levando as mãos à garganta e não consegue falar. Parece ter dificuldade em respirar. A pele começa a mudar de cor, ficando cianótica (azulada), o que indica ser a baixa oxigenação do sangue.

Quando algo bloqueia a passagem de ar, não há tempo suficiente para esperar pela chegada de um socorro médico. A pessoa mais próxima precisa agir rapidamente.

Como se aplica?

Vítima em pé

ovace em adultos

1. Ficar atrás da vítima e posicionar uma de suas pernas entre as pernas do paciente, para que caso haja um desmaio, tenha base para segura-la.

2.Colocar o braço em volta da cintura da mesma e fechar uma mão e colocar o lado do polegar contra o abdômen da vítima entre a cicatriz umbilical e o apêndice xifóide;

3. Com a outra mão envolver a mão fechada e pressionar o abdômen da vítima e puxar ambas as mãos em sua direção, com um rápido empurrão para cima e para dentro, comprimindo a parte superior do abdômen com a base do pulmão, expulsando o ar e movimentando o objeto causador da obstrução.

Realizar cinco vezes a manobra com uma compressão firme e vigorosa, suficiente para movimentar o objeto e desobstruir as vias aéreas e caso a vítima fique inconsciente, a manobra deverá ser interrompida e deve-se fazer o acionamento da unidade avançada o mais rápido possível e iniciar a reanimação cardiopulmonar.

Vítima deitada ou inconsciente

ovace em adultos

1. A vítima deve ser colocada em decúbito dorsal, ou seja, com as costas no chão e ajoelhar-se por cima da coxa da vítima ou posicionar-se lateralmente a ela;
2. Colocar a segunda mão diretamente sobre a primeira e realizar a compressão abdominal e observar se o objeto foi expulso.

O que acharam?

O que acharam desse artigo? Conseguiram aprender um pouco mais sobre o OVACE? Nós também temos um artigo sobre o OVACE em crianças e lactentes, não fique por fora, dê uma conferida!

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, sobre alguma dica extra que você tenha, um conteúdo que vocês queiram ver aqui no blog, ou alguma dúvida.

Se você está gostando dos nossos artigos e quer ajudar mais pessoas a saberem a avaliarem a respiração, além de vários outros assuntos que são muito relevantes para os profissionais da saúde.  Clique em algum dos links abaixo para ajudar a divulgá-lo.

Facebook

Instagram

Gostaria de ver a versão em vídeo de OVACE em adultos? Então é só dar um play aqui embaixo, e aprender com o mestre Maicon Rodrigo: